E-mail  |  Cadastro   |  Login   |  Mapa do Site  |  Home
Busca
Biointeratividade > Discussão por email > Discussão
Discussão  Voltar

Selecione uma das categorias abaixo para navegar pela Lista de Discussão
por E-mail Riscobiologico.org:




Resíduos de Serviços de Saúde

Caros listeiros,

Bom dia!

Gostaria de saber de vocês qual a conduta tomada em relação aos PGRSS das empresas terceirizadas.

Até então, solicitavamos aos serviços terceirizados do Hospital (cozinha, setor de imagem e laboratório) o PGRSS de cada um, cobrando os indicadores da geração e a correta destinação, porém surgiu uma discussão em nossa reunião da "Comissão de Resíduos e Gestão Ambiental" alguns membros defendem que o nosso PGRSS deve incluir esses serviços (terceiros) e a geração e destino deles inclusive, por gerarem resíduos em nosso estabelecimento, seria tudo responsabilidade nossa.

Aguardo posições!!!

Cindy R. Morás Flores
Coordenadora do SESMT
Hospital Unimed Poços de Caldas


-
O conteúdo das mensagens é de inteira responsabilidade do autor do e-mail.


Enviada por Cindy R. Morás Flores, em 12/1/2011


Resíduos de Serviços de Saúde - Plano de Gerenciamento (1)

[ Riscobiologico.org - Diferentes emails foram agrupados nesta mensagem. ]


No hospital onde trabalho os serviços terceirizados estão incluídos no nosso PGRSS.
Carol

.......................

Bom dia Cidy,

Com nova lei sobre residuos, (CONAMA) é de responsabilidade de do quem gera o residuos e efetuar e segregação ou reciclar.
Neste caso os residuos gerados é de sua responsabilidade.

Mas voce tem que cobrar as programas das empresas que prestam serviços para você, EX PCMSO, PPRA, PGRSS, CIPA ETC.

Gilberto
Segurança do trabalho/Meio Ambiente.

.......................

Prezada,

Sou Engenheira de Segurança do Trabalho de um Hospital aqui em Maceió e a ANVISA deixou bem claro que nós deveriamos "gerenciar" os nossos residuos.Ou seja o PGRSS deve ser o
[ + ] Exibir tudo


Respondida por Vários autores, em 13/1/2011


Resíduos de Serviços de Saúde - Plano de Gerenciamento (2)

[ Riscobiologico.org - Diferentes emails foram agrupados nesta mensagem. ]

 

Olá, pessoal que fazem o Risco Biológico!

Quanto ao assunto em questão tenho a dizer os estabelecimentos que tenham um ou mais serviços tercerizados com ávaras sanitários individualizados, o PGRSS deverá ser único. Contemplando todos os serviços existentes, sob responsabilidade técnica do estabelecimento concessionário. No Hospital onde exerço minhas funções ( Hospital Regional de Santarém no Pará) o PGRSS é único e contempla os serviços tercerizados ( Laboratório, Hemodiálise).

Grata!
Enfª Sheila Bezerra
SCIH/HRBA
E-mail: ccih.hrs@prosaude.org.br

 

.......................

 

Olá, pessoal do Risco Biológico!

No Hospital onde trabalho, vamos iniciar auditorias internas sobre gerenciamento de resíduos, alguém poderia me encaminhar um modelo de check list de PGRSS nos setores.

Grata!
Lúcia Cruz

 

 


Respondida por Vários autores, em 14/1/2011


Resíduos de Serviços de Saúde - Plano de Gerenciamento (3)

Bom,
Sim de ve ser adotado o principio da cooresponsabilidade, inclusive os terceirizados devem fazer parte do CTGA- Comissão técnica de garantia ambiental, no caso aqui na Bahia, para vc é o comitê ou comissão de gestão de residuos da RDC 306.
Temos que cobrar sim, mais e melhor envolver.
att.
Nilvã Bezerra,
Téc. de Segurança do Trabalho e Meio Ambiente SCMBA.


Respondida por Nilvã Bezerra, em 17/1/2011


Resíduos de Serviços de Saúde - Plano de Gerenciamento (4)

Caros colegas de RB
Aqui no estado de São Paulo, o Centro de Vigilância Sanitária vem adotando a seguinte diretriz.
A princípio o PGRSS deve ser sempre único para todas as atividades que estão sob o mesmo "teto", ou seja, os diversos serviços que compõem um hospital ou outra unidade de assistência.
No entanto, algumas vezes, embora raramente, temos uma relação quase de vizinhança, em vez de apenas prestação de serviço como, por exemplo, quando um laboratório clínico fica junto a um hospital, ao qual presta todo o serviço de laboratório, mas também atende um público próprio e, geralmente, tem uma entrada independente.
Nesses casos, para definir se o PGRSS deve ser obrigatoriamente conjunto ou se pode ser independente, usamos o
[ + ] Exibir tudo


Respondida por Vital Ribeiro, em 18/1/2011


Resíduos de Serviços de Saúde - Plano de Gerenciamento (5)

Bom dia amigos listeiros...
Trabalho em uma empresa de ortopedia onde distribuímos próteses e acessórios cirúrgicos ao hospital.
Minha dúvida é a seguinte: um dos nossos hospitais clientes quer que a responsabilidade pelo descarte dos acessórios (lâminas de shaver, eletrodos de ablação) seja da nossa empresa, e, até onde vai meu conhecimento essa demanda não seria mais minha...estou correta? Tenho gerenciamento de resíduos porém interno para materiais que venham a vencer...estou batendo na tecla que o meu funcionário não pode fazer transporte de materiais potencialmente contaminado uma vez que para isso é necessário um transporte especial.
Além da RDC 306, vocês conhecem alguma outra?
Obrigada!
Evelin Dias Henriques de Souza
Enfermeira RT/ Gerente de Produtos Especiais


Respondida por Eveluin Dias Henriques de Souza, em 26/1/2011


Resíduos de Serviços de Saúde - Plano de Gerenciamento (6)

[ Riscobiologico.org - Diferentes emails foram agrupados nesta mensagem. ]

Prezados (as),

Minha dúvida é sobre o descarte de frascos e ampolas de medicação (benzetacil, despacilina, dipirona, diclofenaco...,etc). Qual é o recipiente adequado, uma vez que contém resíduos químicos em seu interior. No momento todas as ampolas e frascos está sendo descartado em uma caixa coletora exclusiva, como não tenho conhecimento sobre o recipiente adequado, coloquei aviso em uma caixa de perfuro cortante informando de que se trata de resíduo químico.

Att.

Milton Fernando

.......................

Boa tarde Evelin
No site www.tspv.com.br você pode fazer o curso de PGRSS e com certeza tirar minhas dúvidas
Abraço
Mensagem encaminhada pela colega Teresa

.......................

Evelin,
Isso se chama Logística reversa. Se a
[ + ] Exibir tudo


Respondida por Vários autores, em 27/1/2011


Resíduos de Serviços de Saúde - Plano de Gerenciamento (7)

Prezados (as),

Minha dúvida é sobre o descarte de frascos e ampolas de medicação (benzetacil, despacilina, dipirona, diclofenaco...,etc). Qual é o recipiente adequado, uma vez que contém resíduos químicos em seu interior. No momento todas as ampolas e frascos está sendo descartado em uma caixa coletora exclusiva, como não tenho conhecimento sobre o recipiente adequado, coloquei aviso em uma caixa de perfuro cortante informando de que se trata de resíduo químico.

Att.

Milton Fernando

 


Respondida por Milton Fernando, em 31/1/2011


Resíduos de Serviços de Saúde - Plano de Gerenciamento (8)

[ Riscobiologico.org - Diferentes emails foram agrupados nesta mensagem. ]

apartir do momento em que são usadas essas medicações, não para sobrar residuos nos frascos, pois se sobrar é porque não estão fazendo a dose completa prescrita.Com esse entendimento na minha opnião pode ser descartado na caixa de perfuro.
Mensagem encaminhada pelo colega Antonio Francisco

.......................

Bom dia,
Milton,
Vc poderá desprezar estes frascos, no coletor de resíduo tóxico, que é de plástico , da marca DESCARPACK. Ele é da cor laranja e atende a CVS 21. Segue a foto do produto.
Abraços,
Enfª Claudia Ermlich Bianchi

[ Riscobiologico.org - Foto encaminhada pela colega Claudia disponibilizada em www.riscobiologico.org/lista/20110203_01.pdf ]

 


Respondida por Vários autores, em 3/2/2011


Resíduos de Serviços de Saúde - Plano de Gerenciamento (9)

[ Riscobiologico.org - Diferentes emails foram agrupados nesta mensagem. ]

Caros colegas listeiros, gostaria de saber qual NR, ou outra legislação atual, dispõe sobre destino final de resíduos químicos e radioativos.
Obrigada
Edna

.......................

Prezados, gostaria que me tirassem uma dúvida, os resíduos reciclados como plástico e papel, devem estar em coletores com tampa ou não?
Pois na minha instituição estamos reciclando alguns materias como as bombonas de produtos para servirem de coletores, mas fiquei na dúvida se preciso de ter tampa.
Att
Franciane


Respondida por Vários autores, em 10/2/2011


Resíduos de Serviços de Saúde - Plano de Gerenciamento (10)

[ Riscobiologico.org - Diferentes emails foram agrupados nesta mensagem. ]

Edna, a RDC 306, que fala sobre os resíduos em serviços de saúde.
Roberta

.......................

A legislação de resíduos em serviços de saúde se encontra no manual:
Brasil. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária.
Manual de gerenciamento de resíduos de serviços de saúde / Ministério da Saúde,
Agência Nacional de Vigilância Sanitária. - Brasília : Ministério da Saúde, 2006.
182 p. - (Série A. Normas e Manuais Técnicos) ISBN 85-334-1176-6
Este é baseado na RDC ANVISA no 306/04 e na resolução do CONAMA no 358/05
Farm. Helvia Körting

.......................

Prezada Edna,
Com relação às suas perguntas, tenho a dizer:
Para uma instalação obter licença
[ + ] Exibir tudo


Respondida por Vários autores, em 11/2/2011

1 | 2
Primeira | Última
 
Discussão por email
O que é a lista de discussão?
Formulário
Discussão
 
 


 
 


Riscobiologico.org - Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.          criação: AldeiaCom