E-mail  |  Cadastro   |  Login   |  Mapa do Site  |  Home
Busca
Biointeratividade > Discussão por email > Discussão
Discussão  Voltar

Selecione uma das categorias abaixo para navegar pela Lista de Discussão
por E-mail Riscobiologico.org:




Tuberculose

Prezados colegas,
Gostaríamos de divulgar a publicação pelo Ministério da Saúde do Boletim Epidemiológico da SVS sobre:
"Implantação do Plano Nacional pelo Fim da Tuberculose como Problema de Saúde Pública no Brasil: primeiros passos rumo
ao alcance das metas"
http://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2018/marco/26/2018-009.pdf
Equipe Riscobiologico.org

"Resumo
Objetivo: apresentar os avanços obtidos na implantação do Plano Nacional pelo Fim da Tuberculose como Problema de Saúde Pública no Brasil (Plano Nacional) e os principais indicadores epidemiológicos e operacionais da tuberculose no Brasil, Unidades da Federação (UFs)
e capitais.
Métodos: estudo descritivo dos indicadores epidemiológicos e operacionais da tuberculose a partir dos dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), do Sistema de Informação de Tratamentos Especiais de Tuberculose (SITE-TB) e do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM). Foi analisado o período entre 2007 e 2017 para os indicadores epidemiológicos e os anos de 2015 e 2016 para os indicadores operacionais. As ações alinhadas ao Plano Nacional, que se concretizaram ou tiveram início no ano de 2017 até a publicação do presente boletim, foram descritas segundo os três pilares do Plano Nacional (pilar 1 - prevenção e cuidado integrado centrados na pessoa com tuberculose; pilar 2 - políticas arrojadas e sistema de apoio; e pilar 3 - intensificação da pesquisa e inovação).
Resultados: foram registrados 69.569 casos novos em 2017 e 4.426 óbitos por tuberculose em 2016. Os coeficientes de incidência e de mortalidade por tuberculose apresentaram redução média anual de 1,6% (2008 a 2017) e 2,0% (2007 a 2016), respectivamente. Tanto para os indicadores epidemiológicos quanto operacionais, observou-se elevada heterogeneidade dos resultados por regiões, UFs e capitais. A expansão da Rede de Teste Rápido para Tuberculose com a incorporação de 70 novos equipamentos foi o destaque do pilar 1. Para o pilar 2, destacou-se a articulação intersetorial entre os Ministérios da Saúde e da Justiça para o enfrentamento da doença na população privada de liberdade; e no pilar 3, a capacitação de profissionais estaduais e municipais para a implementação da pesquisa operacional nos programas de tuberculose.
Conclusão: apesar dos avanços obtidos, representados pela melhoria dos indicadores epidemiológicos e operacionais da tuberculose, esses resultados não são homogêneos entre as UFs e capitais, e insuficientes para se alcançarem as metas ousadas do Plano Nacional. Esforços adicionais, com a articulação das três esferas de gestão do Sistema Único de Saúde (SUS), serão necessários para acabar com a tuberculose como problema de saúde pública no Brasil."


-------------------------------------------------------
O conteúdo das mensagens é de inteira responsabilidade do autor do e-mail.

 


Enviada por Equipe Riscobiologico, em 03/04/2018


Tuberculose - Boletim Epidemiológico (1)

Prezados colegas,
Gostaríamos de divulgar o artigo "Os desafios para a eliminação da tuberculose no Brasil", de Draurio Barreira.
http://www.scielo.br/pdf/ress/v27n1/2237-9622-ress-27-01-e00100009.pdf
"Como parte dos esforços globais para que se atinjam as metas dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), a estratégia Stop TB, implementada no período de 1990 a 2015, registrou destacados progressos na luta contra a tuberculose (TB). Nesse período, a prevalência da doença foi reduzida em 42%, e as mortes, em 47%. Tais resultados foram impulsionados pelo aumento do investimento de países e doadores internacionais na ampliação do acesso ao diagnóstico e tratamento da doença.
No entanto, após os 25 anos de vigência dos ODM, a tuberculose se tornou a doença infecciosa que mais mata em todo o mundo e
[ + ] Exibir tudo


Respondida por Equipe Riscobiologico, em 26/04/2018


Tuberculose - Boletim Epidemiológico (2)

Gostaríamos de divulgar a publicação
Panorama da tuberculose no Brasil
Diagnóstico situacional a partir de indicadores epidemiológicos e operacionais
https://www.facebook.com/riscobiologico.org/ e https://drive.google.com/file/d/17IvS-V8HuSgVxL0Eo3cVQQhvFJTKTScP/view
Equipe Riscobiologico.org

 

 


Respondida por Equipe Riscobiologico.org, em 13/07/2018

 
Discussão por email
O que é a lista de discussão?
Formulário
Discussão
 
 


 
 


Riscobiologico.org - Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.          criação: AldeiaCom