E-mail  |  Cadastro   |  Login   |  Mapa do Site  |  Home
Busca
Biointeratividade > Discussão por email > Discussão
Discussão  Voltar

Selecione uma das categorias abaixo para navegar pela Lista de Discussão
por E-mail Riscobiologico.org:




Conceitos e condutas gerais

Bom dia listeiros,
Estou com um desafio grande na instituição que trabalho, por conta da orientação do SESMT quanto a não sair de setores fechados como UTI com a roupa privativa, para demais setores do próprio hospital, orientaram aos colaboradores que coloquem aventais de pano, porém essa pratica dificulta muito a questão da precaução contato, eles acabam contaminando tudo!!!
Precisa mesmo disso???
Qual o risco de levar paciente de alta ou exame da UTI para a unidade de internação ou tomografia com a roupa privativa???
Att
Terezinha Lopes

-------------------------------------------------------
O conteúdo das mensagens é de inteira responsabilidade do autor do e-mail.

 


Enviada por Terezinha Lopes, em 30/07/2018


Condutas - Roupas Privativas (1)

Definição Conjunta do SCIH Médico, e o Médico do Trabalho do SESMT, a decisão deve constar na OS, no PPRA, Circulares, e outros instrumentos de comunicação interna..
Bartolomeu Dias
Seg. do Trabalho Recife


Respondida por Bartolomeu Dias, em 31/07/2018


Condutas - Roupas Privativas (2)

[ Riscobiologico.org - Diferentes emails foram agrupados nesta mensagem. ]
Bom dia, vamos pensar em rotinas, todos os profissionais lotados nas das UTI"s, usam os conjuntos ( unissex)?
Todos os que entram por pequenos períodos trocam de roupa ( profissionais do: RX, Laboratório, maqueiros...)?
Existe trabalhos em literatura sobre contaminação em roupa (conjunto unissex)?
Qual o custo beneficio dessa medida? Claro que deve haver restrições, sobre a circulação e má utilização do enxoval.
Muitas vezes o cliente está grave e precisa ser removido ao serviço de imagem, e a politica do de segurança do paciente diz que ele só pode ser removido com acompanhamento de profissionais do serviço, medico, enfermeiro, técnico de enfermagem... vamos dizer que eles
[ + ] Exibir tudo


Respondida por Vários autores, em 01/08/2018


Condutas - Roupas Privativas (3)

A posição do Scih é contrária porém o sesmt diz que o ministério do trabalho multa o hospital!!!
Considero arbitrário.
Terezinha


Respondida por Terezinha, em 02/08/2018


Condutas - Roupas Privativas (4)

Queira me desculpar Terezinha, não há nada de arbitrário.
Tudo é pautado em legislação.
Ocorre que a maioria do pessoal técnico nos estabelecimentos de saúde só ouvem falar de boas práticas e RDC com foco no paciente e no custo da sua manutenção.
Desconhecem profundamente (ouso dizer) seus direitos e deveres trabalhistas, cujo foco é o agente de saúde e custos de manutenção da salubridade em seu ofício.
Destarte, recomendo uma leitura crítica sobre Norma Regulamentadora 32 e 24 do Ministério do Trabalho.

Sílvio Andrade

 


Respondida por Silvio Andrade, em 03/08/2018


Condutas - Roupas Privativas (5)

Prezado Silvio,
entendo sua coerente colocação, considero arbitrária a condição de não poder sair momentaneamente da Uti até o setor de imagem por exemplo, com a roupa privativa, racionalmente, o que tem de errado com isso?
Considero um erro ser obrigado a sair com avental de pano, misturado a avental descartável, contaminando tudo e todos.
Conheço a norma , mas não concordo com esse ponto.
Terezinha


Respondida por Terezinha, em 06/08/2018


Condutas - Roupas Privativas (6)

[ Riscobiologico.org - Diferentes emails foram agrupados nesta mensagem. ]

 

Uma questão é o que determina a norma, a outra é sobre as evidências científicas.

Concordo com você, Terezinha - Não temos evidências de que há risco de levar paciente de alta ou exame da UTI para a unidade de internação ou tomografia com a roupa privativa.

Marcelo

 

.........................

 

Bem, Terezinha.

Sua discordância é meramente pessoal, já que você admite que conhece a norma e que, portanto, os princípios lá estão.

Chegamos a uma situação de impasse, não é mesmo?!

A natureza humana é fascinante. Fazemos de tudo, de forma subconsciente, para simplificar nossas vidas e torná-las mais suportável.
Se há um regramento, nossa tendência natural é relativizar as coisas para tornar nossas vidas mais leves. Não é crítica,
[ + ] Exibir tudo


Respondida por Vários autores, em 07/08/2018


Condutas - Roupas Privativas (7)

[ Riscobiologico.org - Diferentes emails foram agrupados nesta mensagem. ]

Uso de roupa privativa trazida pelo médico
Prezados,
Sou enfermeira do SCIH em um hospital e maternidade. Fui procurada por um cirurgião para saber se há algum problema em o mesmo confeccionar sua roupa privativa, levar para casa, lavar e passar para ser reutilizada na instituição. Creio que diante da falta de enxovais em alguns momentos aqui no hospital tenha gerado esse desejo no profissional.
Já presenciei numa UTI Neonatal essas roupas privativas sendo utilizadas pela equipe de Neonatologia.
Já vivenciaram algo parecido?
Mensagem encaminhada pela colega Vanessa

.........................

Ainda sobre roupa privativa
Gostaria de saber se existe legislação que trata de profissionais que utilizam seus jalecos de procedimentos e vestimenta, restrita a área
[ + ] Exibir tudo


Respondida por Vários autores, em 08/08/2018


Condutas - Roupas Privativas (8)

Tem uma discussão interessante em 2007 sobre Roupas Privativas
http://www.riscobiologico.org/lista_discussao.asp?Id_Pagina=135&acao=1&id_pergunta=1622&id_categoria=3
Bartolomeu Dias
Seg. do Trabalho Recife


Respondida por Bartolomeu Dias, em 09/08/2018


Condutas - Roupas Privativas (9)

Na instituição que trabalho, a Vigilância Sanitária usa como referência a NR32, mesmo sendo uma norma do ministério do trabalho. Nas visitas de inspeções, quando se deparam com profissionais circulando de privativo fora dos setores críticos, ela fazem advertência ou multa.
Resumindo, acatamos as recomendações da ViSA deixadas em forma de relatório.
A enfermagem oriento o jaleco por cima do privativo, assim otimizamos o tempo de enfermagem, que já é tão curto pelo tanto de atividades desenvolvidas por eles no plantão.
Consta na Norma Regulamentada 32, que a higienização da roupa privativa é de responsabilidade do empregador, portanto não liberamos essa rotina de levar para casa. Até mesmo a touca cirurgica de pano dos cirurgiões devem ser higienizadas
[ + ] Exibir tudo


Respondida por Ligia, em 10/08/2018


Condutas - Roupas Privativas (10)

[ Riscobiologico.org - Diferentes emails foram agrupados nesta mensagem. ]

Bom dia,
Finalmente uma informação prática do que acontece no "chão de hospital".
Muito obrigado Ligia, pelo seu depoimento.
Não há nada de arbitrário nas atitudes. A Vigilância Sanitária, como órgão do mesmo país do Ministério do Trabalho, lança mão de um instrumento legal corretamente aplicado - não é monopólio de uma "caixinha" - para correção de vícios de conduta.

Sílvio Andrade

.........................

Bom dia a todos,
Venho aqui expor minha opinião quanto a esse assunto.
Trabalhei na Santa Casa de Maceió, um hospital que tem acreditação a nível internacional, e lá a orientação da gerência de risco é não sair com fardamento de centro cirúrgico, UTI, e outros setores e, ficar circulando dentro da
[ + ] Exibir tudo


Respondida por Vários autores, em 13/08/2018

1 | 2
Primeira | Última
 
Discussão por email
O que é a lista de discussão?
Formulário
Discussão
 
 


 
 


Riscobiologico.org - Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.          criação: AldeiaCom