E-mail  |  Cadastro   |  Login   |  Mapa do Site  |  Home
Busca
Biointeratividade > Discussão por email > Discussão
Discussão  Voltar

Selecione uma das categorias abaixo para navegar pela Lista de Discussão
por E-mail Riscobiologico.org:




Doenças emergentes, alertas sanitários

Informação sobre febre maculosa

Olá,

Recebi um vídeo sobre um enfermeiro que morreu por acidente de trabalho com material biológico, entretanto, neste caso http://recordtv.r7.com/balanco-geral-manha/videos/enfermeiro-morre-apos-acidente-com-agulha-contaminada-em-hospital-20102018

ele foi atendido feito o protocolo para acidente de trabalho com material biológico, porém alguns dias depois apresentou abcesso em dedo e foi medicado com antibiótico. Alguns dias depois apresentou febre alta e desmaios e foi a óbito.

Após isso houve uma investigação e descobriu-se que o paciente fonte e ele tiveram febre maculosa. O paciente fonte no momento do acidente tinha septicemia.

Lendo algumas referências sobre febre maculosa não há citação desta forma de transmissão: sangue contaminado por riquétsia inoculado por agulha.

Gostaria de saber se pode ser considerado com óbito relacionado ao trabalho este acidente? e se existe esta possibilidade de transmissão da doença.

Att,

Fernanda

 

 

-------------------------------------------------------
O conteúdo das mensagens é de inteira responsabilidade do autor do e-mail.

 


Enviada por Fernanda, em 14/01/2019


Febre Maculosa - Riquétsia (1)

[ Riscobiologico.org - Diferentes emails foram agrupados nesta mensagem. ]

 

Pessoal:

Se isto for verdade, a esposa tem razão.
Em todo caso de acidente com material de paciente nos preocupamos em esclarecer a doença da fonte (não necessariamente HIV, HBV, HCV ou HTLV) : existem casos de transmissão de micobacterioses ou de fungos por inoculação principalmente em laboratório.

No caso, se o paciente fonte realmente tinha a suspeita ou o diagnóstico de febre maculosa, deveria ter sido feita a profilaxia, possivelmente por doxiciclina. -. A alternativa teria sido vigiar o paciente de muito perto e iniciar precocemente o tratamento aos primeiros sintomas.

Por outro lado, se houve infecção no dedo espera-se que tenham sido coletadas hemoculturas para esclarecer se a causa da sepse foi
[ + ] Exibir tudo


Respondida por Vários autores, em 15/01/2019


Febre Maculosa - Riquétsia (2)

[ Riscobiologico.org - Diferentes emails foram agrupados nesta mensagem. ]

 

Obrigada pelas respostas. Este é um caso verídico documentado pelo CEREST de Belo Horizonte. Fizeram a testagem no paciente fonte e no enfermeiro e o resultado apontou a presença de riquétsia. Foi emitido CAT e estabelecido nexo. Contudo, não foi publicado.

Achei importante compartilhar aqui o caso, pois estamos sempre abordamos as infeções virais (HIV, Hepatite B e C) nos acidentes de trabalho com fluídos biológicos e acabamos esquecendo outras formas de contágio.
Ainda, na literatura nacional quando abordamos a febre maculosa não se aponta o risco de transmissão por acidente com sangue contaminado em materiais perfurocortantes.

Profa Dra Fernanda Moura D'Almeida Miranda
Adjunt Professor of Nursing Department
Multidisciplinary Group Study of Adult Health
[ + ] Exibir tudo


Respondida por Vários autores, em 16/01/2019

 
Discussão por email
O que é a lista de discussão?
Formulário
Discussão
 
 


 
 


Riscobiologico.org - Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.          criação: AldeiaCom